Quarta, 28 de junho de 201728/6/2017
(83) 9 9684-1386
Auto Escola
ECONOMIA
Estudo aponta que Paraíba é o estado do NE que menos sofreu com crise econômica
Reflexo do resultado do estudo é percebido no mercado de trabalho local, que sofreu retração de 2,85% em 2016 na comparação com 2015, a menor redução entre os nove estados nordestinos
Redação São Bento - PB
Postada em 08/02/2017 ás 06h51
Estudo aponta que Paraíba é o estado do NE que menos sofreu com crise econômica

Imagem Ilustrativa

Conforme pesquisa da Consultoria Tendências, a Paraíba foi o estado do Nordeste menos impactado pela crise econômica nacional nos últimos dois anos. Em 2015 e 2016, o Produto Interno Bruto (PIB) paraibano retraiu, respectivamente, 0,2% e 2,6%, enquanto a queda em âmbito nacional foi de 3,8% e 3,5% no mesmo período. O estudo foi divulgado nessa segunda-feira (6).


Reflexo do resultado do estudo é percebido no mercado de trabalho local, que sofreu retração de 2,85% em 2016 na comparação com 2015, a menor redução entre os nove estados nordestinos, conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).


O comércio varejista paraibano também tem apontado que o estado vem superando as adversidades. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nos dois últimos meses analisados (outubro e novembro) a Paraíba apresentou alta, com destaque para novembro, quando foi registrada expansão de 11% nas vendas ante o mesmo período de 2015. Na mesma comparação, o país sofreu redução de 3,5%. No acumulado do ano, a retração no mercado paraibano é de apenas 1,9%, o terceiro melhor desempenho do Brasil.


Para 2017 a expectativa é que a atividade econômica ganhe novo ânimo. Um indicativo é o número de emissões de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e), que em janeiro registrou crescimento de 10,79% sobre o mesmo mês de 2016. Foi o terceiro mês seguido que as emissões, concentradas nas indústrias e distribuidores, são superiores aos meses do ano anterior, apontando maior intensidade ou retomada da atividade econômica.


Salários em diaA administração pública detém aproximadamente um terço do PIB da Paraíba e, por isso, o pagamento de salários aos servidores em dia tem relação direta com o desempenho da economia. A Paraíba faz parte de um grupo de dez estados brasileiros que conseguiram manter o pagamento dos servidores em dia sem interrupção desde 2015 e figura na lista dos oito estados que conseguiram manter superávit primário.

FONTE: Portal Correio
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Auto Escola: Fim de matéria
imprimir
557