Google Adsense Topo
Ex-presidente Lula

Lula diz ‘não estar livre’ e que tentarão evitar direito dele ser candidato

Condenado em segunda instância por conta do caso do sítio, Lula está atualmente impossibilitado de concorrer a um cargo eletivo por conta da Lei da Ficha Limpa.

19/12/2019 07h29
Por: Redação

Durante evento com artistas realizados no Circo Voador, no centro do Rio de Janeiro, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Sila (PT) afirmou que tentarão evitar que ele reconquiste o direito de ser candidato no futuro. Condenado em segunda instância por conta do caso do sítio, Lula está atualmente impossibilitado de concorrer a um cargo eletivo por conta da Lei da Ficha Limpa.

“Eles não têm noção. Tenho muito processo, não tô livre não. Acho que vão tentar evitar que conquiste meu direito de ser candidato”. Na sequência, Lula indagou se deve parar ou continuar tentando uma candidatura. “Estarei com 77 anos. Tá na hora de parar de ser candidato?”, questionou, recebendo resposta negativa a pergunta dos presentes no evento.

“Eu digo uma coisa que acho que a família Marinho não gosta. Quando digo que tenho 74 anos não de idade, é de experiência. Tenho energia de 30 anos e to com tesão de 20. Imagina o quão vai ser difícil de suportar nos enfrentarem outra vez pelo Brasil”, afirmou Lula.

O ex-presidente aproveitou o evento com diversos apoiadores no meio artístico para atacar fortemente o atual presidente, Jair Bolsonaro. Além de comparar atitude do governo atual na área da Cultura com o nazismo alemão, Lula alfinetou o período em que Bolsonaro ocupava o cargo de deputado federal.

“A negação da política levou a gente a ter um presidente da espécie do Bolsonaro. Não o conheço pessoalmente, acho que ele nunca fez um discurso contra o meu governo – a favor eu sei que não fez. Mas nunca vi ele fazer um discurso contra, até porque era uma figura tão inexpressiva, que somente no momento histórico em que a mentira tem prevalência sobre a verdade é que uma figura grotesca como ele é eleita presidente. É grotesca politicamente. A falta de compreensão dele sobre os verdadeiros problemas é preocupante”.

Participaram do evento a ex-presidente Dilma Rousseff, o ex-candidato à presidência do Partido dos Trabalhadores (PT) Fernando Haddad, os atores Osmar Prado e Dira Paes, e o cantor Agnaldo Timóteo, entre outros. Os discursos foram unânimes em criticar as políticas do atual governo, especialmente na área da cultura. Lula, que saiu da prisão no dia 8 de novembro, prometeu liderar uma “caravana da cultura” para debater as demandas da população nesta área.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias